Wednesday, 18 July 2012

Pela Ilha Deserta

Olá pessoal,
consegui uns diazitos por cá e para melhor perceberem o que ando a fazer deixo um trechozinho de um diário de bordo que tenho mantido durante esta temporada na ilha deserta:

" Dia 7 no Acampamento:

 Amanheceu, são 4:30h da madrugada, a lua está linda no céu e mil estrelas. São 5 da manhã  hora de prospecção à procura de rastos de tartarugas, tartarugas perdidas e ninhos de tartarugas na Praia de Francisca e Praia do Acampamento. Terminamos o serviço por volta das 9h. Após o peq. almoço fomos surfar, ondas enormes, correntes sem fim, quase fui parar às rochas não fosse o T. Ainda fui à máquina de lavar umas duas vezes, levei com a prancha na cabeça e esfolei os joelhos. Mas muito bom o tempinho em que tive lá dentro, vou lá voltar de certeza. O T. foi surfar para um prainha com ainda mais ondas e sofreu a sua parte também. Chegou todo amarrotado ao acampamento e com um sorriso de orelha a orelha. 
Almoçamos arroz com todos com as lulas que foram apanhar de manhã.
Pela tardinha, fomos ao Portinho, andamos cerca de 3km para lá chegar, para conseguir rede de telemóvel e fazer um programa para a rádio da cidade e comunicamos o achado da tartaruga do dia de ontem e o facto de eu e da B. termo-nos perdido na ilha. 
O J e o N. que estão a trabalhar com armadilhas de gato, apanharam hoje um gato enorme, todo amarelo e colocaram-no um aparelho gps e coleira.
Também foi dia do Inglês, o T. inventou que todas as segundas-feiras é dia de Inglês e só podemos falar inglês. Só durou umas 2 horas até o pessoal começar a falar português e crioulo mas foi bom enquanto durou.
Já consigo destingir melhor os ninhos, obviamente os mais fáceis em que a cama ( o sitio onde a tartaruga se deita para mandar areia para o buraco dos ovos de maneira a tapar o ninho) é rasinha, as bordas da cama mostram claramente a marca das barbatanas e no sitio onde estão os ovos a areia é mais clara e vê-se logo que foi jogada pra lá porque forma uma borda.
Ainda, eu e B. vimos uma tartaruga a desovar e ficamos atrás dela a ver o desenrolar da coisa mas estávamos a sussurrar e de repente ela mandou-nos uma pázada de areia p'ra cima, a B. disse " acho que que ela disse para estarmos caladas". E portanto, ficamos o resto do tempo caladas e com a boca e cara cheias de areia.
À noite antes de dormir a B. disse-me para lhe ensinar Inglês e disse-lhe que podemos começar as aulas amanhã, ela disse que sabe algumas palavras mas não consegue formar frases, decidimos que todos os dias por volta das 5h quando não temos o programa de rádio podemos fazer uma aula de Inglês. Ela decide o tema.  Já lhe prometi que quando os ingleses chegarem ao acampamento ela será uma native speaker hehehe. O problema é que ela traduz, já lhe disse para pensar inglês e não pensar português e depois traduzir porque fica mais difícil e ela esquece-se dos in, on, the e as frases ficam tipo robocop hehhehe.
Time to sleep, tomorrow is a brand new day"

4 comments:

Palavra Já Perdida said...

Estás a gostar e isso é o mais importante :D

Petra said...

Ehehe mas que aventuras fantásticas!! Diverte-te, vive e aproveita muito! beijão.

Palco do tempo said...

que bela aventura :)

Blair Randall said...

Palavra já perdida, estou a adorar :)

-------------------
Petra, :)


---------------------
Palco do tempo :)

xoxo***