Sunday, 18 September 2011

Mãe África- Morabeza!

unknown

Não deixa ninguém desamparada! Já há dois dias que estamos sem água, e hoje de manhã a luz também faltou (acontece frequentemente por estas bandas). Mas por mais incrivel que pareça não venho cá reclamar!!!! Na falta de luz estava toda a gente na praia a comentar esta notícia. Mas quando digo toda a gente, é mesmo toda a gente dado que o bar da praia tinha luz e quem não estava no areal, estava a ver o jogo Machester vs Chelsea! A comunidade portuguesa (e que a gente conhece praticamente todos) também entrou neste espírito africano de ser e mais...Cabo-verdiano de ser: NO STRESS!!!! 
Nós:-Pois hoje não há luz lá na zona!
Eles:-Também não há na nossa, por isso, a solução é sair de casa! 
E pronto montamos mesas no bar, almoçamos e ficamos por lá na conversa. E foi quando a minha irmã disparou:
-Também estamos sem água, acreditam?!
Eles:- A sério?! Água ainda temos se quiserem podem ir buscar água lá a casa.
E cá está o espírito africano de ser, ninguém fica desamparado nesta terra. A verdade é que já tínhamos ido buscar água ao ex-namorado da minha irmã mas fiquei feliz por ver que os tugas que aqui estão já entraram nesta onda e não na onda europeia de nem se conhece o vizinho da frente quanto mais oferecer água a pessoas que conheceram no outro dia. E quando digo água, também digo chinelos e biquíni, já que, quando cheguei conheci dois portugueses que estavam cá de férias e contei-lhes que a minha mala tinha ficado em Lisboa ou noutro canto qualquer e a moça ofereceu-se de prontidão para me emprestar chinelos e biquíni...fiquei besta!!! 
Obviamente, que temos aquelas excepções que confirmam a regra e há um casal português que mora aqui que eu não suporto de jeito manera! Aquele jeitinho de "tu não conheces ninguém por aqui e nós é que conhecemos e somos muito importantes e muito conhecidos por aqui e só vamos falar com os nossos amigos  e vamos fingir que não existes" quando na verdade, conhece-me muito bem e até saímos à noite com amigos comuns. Pois bem, hoje estávamos todos reunidos no barzinho com a malta de cá e a comunidade portuguesa e deixamos o casalzinho-maravilha a um canto e também fingi que não os conhecia. A minha irmã já sabe que não os suporto e sempre que aparecem, ela diz logo: -Vem aí os teus amigos!!!!
Eu só sei ser amiga dos meus amigos! I'm sorry!!! Não sou de rogar amizade...

2 comments:

Telma Palma said...

muito bom =)

cycle said...

Acho que fazia o mesmo se os 'amigos vizinhos' fossem meus 'inimigos vizinhos' :)