Monday, 23 May 2011

Afinal quem Te inventou foi a Coca-Cola...

unknown

Às vezes acho que devia baixar os braços e deixar a vida levar-me, viver feito uma sombra, ou à espera!!! Parece que por mais que faça, mais decepções encontro. Depois penso na minha frase, a única que ficou dos tempos em que aparecia na Igreja: "Põe a mão que Eu te ajudarei" foi o que Ele disse, ou que me contaram que Ele disse. De momento, só me apetece perguntar-Lhe o que foi feito da parte do "te ajudarei"?! Se é p'ra ajudar que seja já, não tenho paciência para esperar e acreditar, e muito menos queda para milagres. Tudo o que consegui até agora (pouca coisa, é certo!) foi duro, foi suado e tive de trabalhar e correr atrás. Acho que já dei provas suficientes que luto pelas coisas, mas dava-me jeito uma mãozinha. Um empurrão. Se não for pedir muito, acorda do Teu sono profundo e começa a trabalhar na parte do "te ajudarei" porque a do "por a mão" está cá, está sempre mas está quase a deixar de estar. 

4 comments:

Doce said...

"Um dia, ao olhar para trás na minha vida, percebi que nos momentos piores existiam apenas um par de pegadas na areia. E disse: Senhor, disseste que me acompanharias e protegerias nos momentos mais díficeis, mas constato que foi precisamente aí que me abandonaste. E o Senhor respondeu: Enganaste Filho, foi precisamente nesses momentos que te peguei ao colo."
Acho esta história muito forte. É precisamente nesse momento que te encontras. Ao colo dele. Quando estamos nos momentos maus, nunca percebemos a sua causa, nem o porquê de termos que passar por aquilo. Mas são esses momentos que nos fazem crecer e tornar naquilo que seremos amanhã.
Beijoca e Força! Se precisares de desabafar, o meu email está sempre disponível.

pink poison said...

Como eu te percebo, nós lutamos tanto que um simples empurrão, resolvia tudo...

PinkEmotions said...

Espero que isso seja só uma fase. Eu sei que é difícil, acredita que me identifico com as coisas que disseste mas não desistas, a sério. Força nisso! Se for preciso alguma coisa, já sabes ;)

Blair Randall said...

Doce, devo dizer-te que de momento não me sinto ao colo Dele dado que estou exactamente a atravessar O momento. Não posso dizer que concordo, nem que discordo com esta passagem mas é bonita e quero acreditar que estou ao colo Dele...mas então que ele me ponha no chão e me dê o empurrãozinho que falta p'ra alavanca se soltar e eu finalmente encontrar um rumo.

-----------------
Poison, podes crer...uma luz a apontar p'ra que lado é o caminho e que não seja de um comboio num túnel

-----------------
Pinky, :) (nada a acrescentar). Coragem!


xoxo****