Wednesday, 25 May 2011

Blair, a educadora! #2

Hoje aconteceu de tudo naquela escola. 

1. Uma das moças veio pedir-me um penso higiènico, cheia de vergonha e cheia de cerimónias. Achei tão fofita a moçoila de 12 anos, mas falei com ela e disse-lhe que não há coisa mais natural que isso!

2. Depois foi a vez de outro aluno vir contar-me que um outro (que tem problemas mentais) tinha agarrado na tesoura e cortando uma lasquinha na sua barriga. E quando vejo a tal lasquinha, era bem funda! Fiquei aterrorizada!

3. A seguir, nos ensaios da coreografia para o final do ano lectivo, na biblioteca, o mesmo aluno da agressão começa a arrastar moveis, a tirar livros da estante, a tirar todas as chaves das portas e uma chave esteve quase a ir parar ao ralo. Nisto, entram as auxiliares a discutir e a "quererem" culpar-me pelo sucedido e por eu não ter feito nada. Pêra aí, então eu vou tentar travar um puto que volta e meia corta a barriga a outro, corta a cabeça dos peixes (vivos no aquário), torce os dedos e arranha as auxiliares ao ponto delas terem que ir ao hospital, corta o cabelo aos colegas, mete murros em tudo quanto é porta, tanto que há uma sala que neste momento, não tem porta?!!!! OI???? é comigo?! Nem pensar, enquanto ele está a partir só a biblioteca e eu e os meus meninos estão intactos...meu amor parte tudo; até porque é proibido bater nos putos e a mim (sangue quente correndo nas veias), eu tenho a certeza que ia ver tudo vermelho à frente e nem me ia lembrar que estou a lidar com uma criança. Era partir-me um dedo e no mínimo ele saía de lá a coxear.
E portanto, a única coisa que disse às senhoras auxiliares foi: "Paciência! Não querem expulsar o miúdo da escola..."

4. Depois foi a vez de um recado num bocado de papel com e passo a citar (com mil desculpas): "Vai para o caralho". Não sei a quem foi dirigido a coisa mas eu disse que se alguém não denunciasse o autor (a) ia haver reunião com os pais e recado na caderneta. Por fim, disseram a autorA do recadinho-maravilha

Chega? Não! Ainda há mais!

5. Por último, estou eu a convencer os miúdos a fazer um projecto sobre "The furniture" (ou seja, fazer mobílias com caixas de fósforo e caixa de cereais) quando reparo que um dos miúdos está a um canto a chorar. Vou perguntar-lhe o que foi que lhe aconteceu já a pensar que era uma queixinha qualquer. Ele não me disse nada. Manteve segredo da coisa e eu estou a achar que aquilo é de casa, até tentei levantar-lhe a roupa p'ra ver se ele tinha alguma marca mas não me deixou, fez uma força tremenda e deixou escapar "Ele disse-me p'ra não contar!". Quando perguntei quem tinha dito, a resposta foi "ninguém". Estou preocupadíssima...e amanhã vou ter que falar com os professores p'ra ver se ele abra a boca porque se ele não abre não podemos fazer nada!

[E os professores são paus p'ra toda a obra]

8 comments:

Daniela Pereira said...

Não me importava nada de te ter como professora >.> a minha quando andava na primária batia-me de terrores e insultava-me até dizer chega.
Essa situação do rapaz mais os peixes deixou-me meio aterrorizada. Espero que consigas descobrir o que se passa com o outro menino...

pink poison said...

Exagerada... Foi só um pequeno corte, assim de raspão... :P

Palco do tempo said...

xihhh que dia :) kiss

L* said...

Ui que dia esse...a minha mãe também já trouxe umas belas(?) histórias lá da escola!*

*C*inderela said...

trabalhar numa escola é sempre uma animação.
espero que esteja tudo bem com o último miudo.

bjokas

PinkEmotions said...

Educadora e pêras, possas! Admiro-te :)

Blair Randall said...

Dani, oohhhh que querida. MUITO OBG!
A situação do peixe foi mesmo mau, ele tirou o peixinho do aquário e cortou a cabeça do bicho com uma tesoura! Assim sem mais nem porquê...
-----------

poison, por acaso foi uma lasquinha (funda mas lasquinha), no entanto, só a intenção de enfiar uma tesoura a um colega já que é um bocado chocante
-------------

Palco do tempo, pau para toda a obra! São assim os meus dias!
-----------

L*, :) há smp estórias e histórias
-------------

*C*inderela, animação é uma bonita palavra para resumir isto tudo!
---------------

Pinky, educadora à beira de um ataque de nervos, é mais isso! obrigada!

xoxo****

Uma Rapariga Simples said...

E culpados de todos os males!

Hold on, girl. ;)