Tuesday, 8 May 2012

Surf à noite: a grande aventura!!!

Frederico "Kikas" Morais

No fim-de-semana houve o tal surf à noite. Para quem não soube fica a coisa aqui. Lá fui eu com mais 4 gajos (a única rapariga no meio).  Depois de uma tarde passada com eles entre feijoada e jogos de computador lá decidimos pelas 7 da noite, e depois de muita insistência minha, arrumar as coisinhas e ir apanhar o comboio ao Cais do Sodré, chegados à estação os homens queriam vinho porque com o friooooo não podiam ficar com a boca seca. Eu, vinho??? NÃAAA. E os rapazes: "mas tu não bebes alcool, é verdade!!!! Vamos ver se conseguimos encontrar-te alguma coisa que bebas e que seja quente. " 
- Ok. Passados meia hora em que eles abandonaram-me sentada no chão com as tralhas todas aparecem com uma garrafa de 1, 5 L de água e com um sorriso do tamanho do mundo dizem: " é natural leia-se quentinho e é do Luso leia-se boa marca". Obrigada meus amores!!!

Nisto perdemos o comboio e portanto mais meia-hora de espera, até o M. que nunca mas mesmo nunca compra bilhetes nem de autocarro, nem de metro, nem de comboio decidiu que ia fazer-nos um favor: "vou comprar bilhete...palmas sff"

Entramos no transporte, o R. coloca a minha prancha encostada nas cadeiras em todo o comprimento e só ocupava os nossos lugares, cerca de 4 lugares (os nossos).  E as pranchas de bodyboard deles ficaram nas prateleiras por cima das nossas cabeças todas empilhadas. Chega uma velhota e a altos berros diz que estamos a ocupar todo o corredor com aquela porcaria (a minha prancha é porcaria????) e que não podia ser e pa pa pa...eu saio em defesa do R. que afinal estava a carregar a minha prancha. A senhora agarra nos sacos que trazia na mão e espeta-me com um na perna. Levantam os 4 gajos de 1,80 m em minha defesa e eu dum salto digo logo que está tudo bem não vá haver disparetes no meio do comboio com a velhota.

A seguir passa o pica que pede bilhetes a toda a gente e depois passa por nós e finge que não nos vê. Tanto fingiu que o A. passou-me a garrafa de vinho mesmo à frente do nariz do homem para eu "esconder" e ele nada.  Justo quando o M. decidiu comprar bilhetes!!! Pouca vergonha pah...

Lá íamos nós na amena cavaqueira quando o comboio dá um solavanco e todas as pranchas de bodyboard que estavam empilhadas caem em cima da cabeça do F. e do R. Risada geral, menos do R. e do F. que ficaram fulos da vida!!!

No fim chegamos à praia e depois do R. ter-me carregado a prancha durante horas e horas eu, a menina bonita e mimada do grupo, decide que está muito frio e que não vou à água. E ainda por cima, não bebo a água da garrafa que compraram com tanto carinho!!!! O que eu pensei? Eles vão me matar e portanto meio a medo perguntei quem é que ia comigo segurar na porta da casa de banho enquanto fazia xixi!!! Os meninos discutiram amigavelmente e escolheram a vitima sem reclamar!

Andar com rapazes é sempre tão relaxante!!!!



3 comments:

Petra said...

Eles são uns cavalheiros e fazem tudo para estarmos bem...
Gostei dessa no comboio coitados dos picas...

Girl in the Clouds said...

Uma noite bem passada!!

Blair Randall said...

Petra, hahhahahahah
são mesmo muito meus amigos :)

------------------

Girl in the Clouds, foi muitoooo bom e na tua companhia tanto melhor! hehhehe

Não contei essa parte aqui no blog :)


xoxo***