Friday, 18 November 2011

A minha vida em livro...Parte 3

No mesmo dia, falamos pelo chat e cheguei à conclusão que tê-lo no meu Facebook só ia atrasar o processo de o esquecer e portanto CUT o menino do meu FB. Se bem se lembram...
E o N. ficou num cantinho da memória como um amor platónico e que não ia voltar até que passado uma semana ou mais de já estar em Lisboa recebo uma mensagem no telemóvel a perguntar se tinha chegado e porquê que não lhe tinha dito nada.  Foi quando respondi à mensagem e combinamos de ir ver um concerto seguindo de um chá (porque café não é comigo!!!!) e ele estava a comportar-se como se não tivesse acontecido nada, como se ele não tivesse desaparecido, deixado de responder às mensagens...enfim!  Não percebi muito bem mas também não perguntei que loucura era essa? Fez planos de irmos surfar, e passear por Sintra (faz parte da minha lista de “one day I wanna live this way”), ir conhecer a casa dele,  andar de skate  e... disse-lhe que sim a tudo. Afinal, o  J. era para esquecer!  E decidi gostar de quem gosta de mim e o J., não parecia querer mais que o tal namoro de verão.  Mas como a minha sinceridade é algo que transcende o limite do razoável disse ao N. que estava apaixonada pelo J  e ele perguntou se tínhamos tido alguma coisa.. . eu juro que pensei em mentir! Antes de ter tido tempo para dizer "não"  saiu o "sim."..(ok! Pára! não batam mais no ceguinho que a minha bff já bateu que chegue). 
O silêncio foi tão grande que acho que se conseguia ouvir as pedras da calçada!!! Ele recompôs-se e disse que não fazia mal porque não tínhamos tido nada e que não éramos nada...

[continua...]

2 comments:

Palco do tempo said...

não perca o próximo episódio que eu também não :)

Blair Randall said...

Palco do tempo, :)

xoxo***