Monday, 14 November 2011

Vamos lá esclarecer isto...

Heidi Klum e Seal

Sou preta, sou negra, sou mulata, sou mestiça, sou café com leite, sou galão, sou amarela se quiserem...mas cabrita não, por favor. Não é por nada mas acho esta palavra horrível! Eu sei que não é por mal, que não é ofensa, que é apenas uma maneira de chamar alguém que é filho de branco e preto mas não gosto. E pelo mesmo caminho temos o "mãe de filho" e "pai de filho".  As pessoas que apresentam o outro (que já não é o namorado, nem marido, nem pseudo-whatever) como: "este é o meu pai de filho" em vez de "ele é pai do meu filho".

[Lembra-me a música do Quim Barreiros, o que piora muito mais as coisas... :p]

7 comments:

Palco do tempo said...

"este é o meu pai de filho"?! :) que estranho eheheh :)

Pretty in Pink said...

LOL sabes que eu nunca tinha ouvido essa expressão até há bem pouco tempo...E também achei horrível!! Mulata é algo bem melhor...

Beijinho*

60 Sinais said...

Essa do pai de filho nunca ouvi...não soa nada bem mesmo =S

Girl in the Clouds said...

Independentemente de tudo isso, tens uma cor bonita!!

Olívia Palito said...

Shame on me... Nunca ouvi essa expressão. ;)

Beijinhos Blair*

Paula NoGuerra said...

És quem ÉS e isso é que importa :-D

Não há ninguém igual a ti!

Blair Randall said...

Palco do tempo, MESMO...Estranhíssimo!!!!

----------------
Pretty, qualquer uma das expressões é melhor do que cabtita, pra mim bahhhh

----------------
60 sinais, exacto

-------------
Girl in the clouds, obrigada :)

-----------------
Olivia Palito, e não perdes muita coisa :)

---------------
Paula NoGuerra, e todas nós :)

xoxo***