Saturday, 12 February 2011

Gosto!

 Recebi este comentário e achei que isto era muito bonito para ser colocado apenas como comentário, parece-me um trecho de um livro que penso ter sido escrito pelo autor do comentário, Rolando Palma. Vou vasculhar os blogues dele a ver se encontro o resto do conto! É com muito gosto que partilho convosco este pedacinho: 

" Tocou a campainha. Estranhamente, soou como a harmónica do Charles Bronson. Um som agudo, que se prolongou enquanto todos se iam desviando, cada vez mais encostados à parede. Ao centro, Jonas o alunos rebelde, esperava pacientemente, os ténis a levantar o pó do chão e a mão no cinto, desafiadora, a poucos centímetros do seu Mp3. A porta rangeu, lúgubre, nos eixos enferrujados e a professora de inglês entrou, vagarosamente, medindo as distâncias e ajeitando os dois pesados dicionários que lhe pendiam do cinto. A turma sentia o perigo eminente e fez-se um silêncio de gelo. O duelo ia começar. Jonas recuou um pouco, virou-se, remexeu os fones nos ouvidos e coçou a ganga das calças. A professora de Inglês pressentiu o perigo e colocou o apagador ao alcance da mão. Disfarçadamente, passou a mão pelos cabelos e observou de soslaio a turma. Por quem estavam eles a torcer ? Um minuto passou, dolorosamente lento. Os mais nervosos roíam as unhas e o silêncio era tanto que até se ouvia a professora de matemática, na sala ao lado, a gritar qualquer coisa de trigonometria. A mão de Jonas estava já pousada no Mp3, pronto para a acção. A professora de inglês parecia nervosa, como se ainda estivesse a decidir se iria utilizar o apagador ou se iria arremessar o dicionário. O silêncio era insuportável. Nisto, o impossível aconteceu. O telemóvel da professora de inglês tocou, aquela música característica da missão impossível, que todos já conheciam tão bem. Tudo aconteceu numa fracção de segundo. A professora de inglês levou instintivamente a mão ao bolso e Jonas, o aluno rebelde, decidiu aproveitar a vantagem.Com um gesto rápido, saca do Mp3 e prepara-se para o ligar. E eis que de repente, saindo do penumbra, Jessica, a arqui-inimiga de Jonas, salta para o centro da sala, interpondo-se entre ele e a professora de inglês. Mais rápida do que a sua estatura diminuta e barriguinha proeminente fariam supor, liga a câmara do telemóvel e ameaça, numa voz fria e carregada de emoção:- Ligas o Mp3 e eu ponho este vídeo no Youtube, que te lixas... Jonas parou, estupefacto. A sua arqui-inimiga levava-lhe a melhor, outra vez. Ainda pensou em ligar mesmo assim o Mp3 mas não quis arriscar. Logo hoje, logo hoje que não estava com o visual certo, não se podia dar ao luxo de aparecer no Youtube. Baixou os braços, aceitando a derrota.A turma voltou a respirar de alivio e a harmónica do Charles Bronson soou uma ultima vez, enquanto que a professora de inglês trocava um olhar cúmplice com Jessica, a gordinha de reflexos rápidos. Ficava-lhe a dever uma. Mas tinha valido a pena. Mais uma vez, Jonas, o aluno rebelde, não tinha levado a melhor. Fora desafiada e vencera. E enquanto ela fosse a xerife, ninguém andaria com Mp3 ligados. Ela era a lei ( Um óptimo fim de semana para ti, aproveita o sol )"

4 comments:

Olívia Palito said...

Realmente parece um conto. Muito bonito. :)

Faz favor de ter a continuação de um fim-de-semana excelente. Sim? ;)

Beijo*

Blair Randall said...

Pois parece.
Vou fazer por isso, sim?
E p'ra ti também, um final de sábado fantástico e um domingo espectacular =) Pode ser?

xoxo

Tilida5ever Design-Rosinha said...

A mim ninguém me manda comentários desses...

Blair Randall said...

Se eu conseguisse escrever assim tão bem ias encontrar um comentário destes, sendo assim tens de pedir um destes ao Rolando Palma ;)

xoxo